Feugiat nulla facilisis at vero eros et curt accumsan et iusto odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril.
+ (123) 1800-453-1546
info@example.com

Related Posts

Orleans 3466-1638
9 9920-9495
Lauro Müller 3464-4026
9 9661-4011
Resultados Online
Title Image

Blog

TRAB – ANTICORPO ANTI RECEPTOR DE TSH

Material: Sangue.

Preparo do paciente: Jejum não necessário.

Indicação: Os anticorpos anti-receptor de TSH (TRAB) influenciam na função e no crescimento glandular. O TRAB é de natureza heterogênea e, além de detectar anticorpos estimuladores, detecta também os bloqueadores do receptor do TSH. A metodologia usualmente empregada não diferencia os anticorpos como estimuladores ou bloqueadores, detectando-se somente valores elevados ou diminuídos de anticorpos contra o receptor de TSH, que serão relacionados às condições clínicas. Na doença de Graves (BDT) exercem predominantemente atividade estimuladora. Seus níveis diminuem com o uso de drogas antitireoidianas, podendo ser usados para predizer a recidiva da doença. A ausência de TRAB após tratamento diminui a tendência de recidiva, embora cerca de 25% de pacientes com TRAB negativo após a terapia não entrem em remissão. Podem estar presentes em alguns casos de tireoidite autoimune atrófica, tireoidite subaguda, tireoidite silenciosa e em recém-nascidos de mães portadoras de doença de Graves, devido à transferência feto-placentária. Indicações: Doença tireoidiana autoimune, geralmente o hipertireoidismo. Porém, como o TRAB dosa tanto anticorpos estimuladores do receptor de TSH como anticorpos bloqueadores do receptor, também poderá ser positivo em alguns casos de hipotireoidismo, tipicamente sem bócio. Está ainda indicado em avaliação de: remissão pós-tratamento do BDT; risco para o feto em gestantes com hipertireoidismo; recém-nascidos de mães com BDT, com sintomas compatíveis com hipertireoidismo; diagnóstico diferencial entre BDT bócios multinodulares tóxicos.