Feugiat nulla facilisis at vero eros et curt accumsan et iusto odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril.
+ (123) 1800-453-1546
info@example.com

Related Posts

Orleans 3466-1638
9 9920-9495
Lauro Müller 3464-4026
9 9661-4011
Resultados Online
Title Image

Blog

SOROLOGIA PARA COVID-19 (IGM/IGG) – CLIA

Material: Sangue.

Preparo do paciente: Jejum não necessário.

Indicação: O quimioluminescência (CLIA) fornece determinação quantitativa in vitro de anticorpos humanos da classe imunoglobulina IgG/IgM contra SARS-CoV-2 em soro, para apoiar o diagnóstico de infecção por SARS-CoV-2 e constitui um suplementar à detecção direta de patógenos. O novo coronavírus (2019-nCoV) causa uma epidemia de síndrome respiratória aguda em humanos em Wuhan1, pertencente ao gênero Betacoronavírus. Suas características genéticas são significativamente diferentes do SARSr-CoV e MESRr-CoV. Pesquisas atuais mostram que ele tem mais de 85% de homologia com coronavírus semelhante ao morcego SARS (bat-SL-CoVZC45) 2. 2019-nCoV é transmitido principalmente através de gotículas respiratórias e também pode ser transmitido através do contato. As fontes de infecção observadas até agora são principalmente pacientes com pneumonia infectada pelo novo coronavírus 2. Este exame tem objetivo de pesquisar a detecção de anticorpos antivirais IgM/IgG nas amostras de soro do paciente. Após a infecção humana em 2019-nCoV, seu antígeno estimula o sistema imunológico a produzir uma resposta imune, e anticorpos correspondentes aparecem no sangue. Entre eles, 2019-nCoV IgM aparece mais cedo, e posteriormente os títulos IgM 2019-nCoV diminuem, a potência 2019-nCoV IgG aumenta rapidamente. Este exame é utilizado principalmente para o diagnóstico assistido da nova infecção por coronavírus (2019-nCoV). 2019-nCoV, nomeado pela Organização Mundial da Saúde em 7 de janeiro de 2020, é anunciado o nome oficial: Síndrome Respiratória Aguda Grave Coronavírus 2 (SARS-CoV-2) pelo Comitê Internacional de Taxonomia de Vírus (ICTV) em 11 de fevereiro de 2020. No mesmo dia, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tan Desai, anunciou que a pneumonia infectada com SARS-CoV-2 será oficialmente denominada COVID-19.