Feugiat nulla facilisis at vero eros et curt accumsan et iusto odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril.
+ (123) 1800-453-1546
info@example.com

Related Posts

Orleans 3466-1638
9 9920-9495
Lauro Müller 3464-4026
9 9661-4011
Resultados Online
Title Image

Blog

METANEFRINAS TOTAIS E FRAÇÕES – URINA 24 HORAS

Material: Urina 24 horas.

Preparo do paciente: Coletar urina durante 24 horas. Três dias antes do início da coleta e no quarto dia, quando a coleta da urina será iniciada, o paciente deverá abster-se de qualquer substância que contenha: Café, Chá, Chocolate, Amendoim, Vanilina, Vitaminas, Refrigerantes, Nozes, Baunilha, Abacate, Banana, Ameixa, Berinjela, Tomate, Kiwi, Abacaxi, Sorvete, Manga. – Os pacientes devem, também, abster-se de fumo, refrigerantes com cola e bebidas alcoólicas nestes quatro dias. Durante estes quatro dias o paciente deverá alimentar-se de: Pão, Manteiga, Ovos, Açúcar, Leite integral, Arroz, Carne, Água a vontade. – Algumas medicações podem alterar o resultado do exame. Evite o uso de medicamentos durante o período de dieta e coleta de material. Medicamentos prescritos só devem ser suspensos a critério do médico assistente.

Indicação: Metanefrinas na urina têm sensibilidade de 97% e especificidade de 93% no diagnóstico de feocromocttoma. Elevação das metanefrinas plasmáticas em pelo menos 4 vezes (correspondendo a níveis de normetanefrina acima de 400 ng/L ou metanefrina acima de 236 ng/L) ou uma elevação das metanefrinas urinárias em pelo menos 2 vezes o valor superior de referência (correspondendo a níveis de normetanefrinas acima de 1500 ug/dia ou metanefrinas acima de 600 ug /dia) está associada com uma probabilidade próxima de 100% de feocromocitoma ou paraganglioma. Já elevações abaixo desse corte estão comumente associadas a outras causas, como interferência medicamentosa, estresse, doença aguda, coleta e/ou dieta inadequada. Níveis normais de metanefrinas excluem o diagnóstico de feocromocitoma e nenhum teste adicional se faz necessário, a não ser naqueles raros pacientes com lesões muito pequenas (menores que 1 cm), nos quais os níveis de metanefrinas podem estar normais. Enquanto as metanefrinas livres sofrem rápida metabolização tecidual, as metanefrinas sulfatadas apresentam uma depuração mais lenta e dependente da eliminação urinária. Como as metanefrinas sulfatadas são eliminadas pelos rins, sua determinação é limitada em pacientes com insuficiência renal.